PUNTA DEL ESTE | URUGUAI

Punta Del Este ou “Ponta do Leste” é uma pequena e turística cidade, localizada numa península estreita do Uruguai, conhecida como um dos principais balneários da América. A cidade é muito procurada principalmente por argentinos e brasileiros no verão, e por viajantes em todas as épocas, quando emendam Punta Del Este com Montevidéu e Colonia Del Sacramento em suas viagens pelo Uruguai.

Punta Del Este, nome concebido pelo fato da cidade estar localizada na pontinha da península, que marca a divisão entre Oceano Atlântico com o Rio de La Plata ( Rio da Prata ), no departamento de Maldonado, à 130 km da capital Montevidéu.

Punta, que já foi eleita como destino de veraneio por grandes celebridades, a algumas décadas atrás era ponto de encontro da alta sociedade, o turismo de elite, e hoje podemos dizer que é um destino para todos os bolsos.

O QUE FAZER NA CIDADE

A cidade é pequena e não requer estratégia para conhecer os variados pontos turísticos, mas vale ressaltar que a cidade “ferve” de turistas no verão. Entre os meses de dezembro a março, a principal avenida da cidade chega formar grandes engarrafamentos. A extensa orla das principais praias, a Praia Mansa banhada pelo Rio de La Plata e a Praia Brava banhada pelo Oceano Atlântico, são numeradas por “paradores” e cada point leva um número de parador. Elas são tomadas por banhistas e surfistas. Se não quiser pegar a cidade cheia, vá em outras datas. La mano, ou a mão, é a atração principal e o cartão postal da cidade. Punta tem também o seu farol, O Farol de Punta Del Este, localizado bem na ponta do balneário. Cassinos e ótimos restaurantes, inclusive o Restaurante La Vista entram na lista de “O que fazer á noite em Punta” e que também fazem parte do roteiro turístico da cidade. Um pouco mais afastado da cidade, (15 km), está a imperdível Casa Pueblo, já em Punta Ballena. Resumindo, Punta é um lugar diversificado para satisfazer as necessidades dos turistas. Consideramos que entre 3 a 4 dias completos serão suficientes para conhecer e curtir Punta Del Este.

LA MANO | “a mão”

La Mano, Los Dedos, ou Hombre emergiendo a la vida, é uma escultura de cinco dedos parcialmente enterrados na areia. É também conhecida como “Monumento ao afogado”, representando o ultimo gesto de um homem se afogando no mar. Está localizada na Praia Brava, parada 1, pertinho do terminal rodoviário.

É uma escultura interessantíssima, símbolo e o cartão postal da cidade. Não dá para falar de Punta Del Leste, sem lembrar de “La Mano”. Escultura com o acesso livre, esculpida bem na areia da praia, onde aglomeram turistas, banhistas e os perros (cachorros)… Para fotografar este lugar sozinho, somente em baixa temporada, pois no verão é praticamente impossível. Se quer registrar sua visita em Punta, não deixe de visitar La Mano. Um por do sol aqui é imperdível.

CASA PUEBLO

Outro local com parada obrigatória é a Casa Pueblo. O edifício é a antiga casa de veraneio do famoso artista Carlos Vilaró, que foi desenhada e construída pelo próprio artista, e tem um estilo semelhante às casas da Grécia. Está dividida em galeria de artes, um museu, um hotel e mirante para ver o por do sol, com vista para a Praia Mansa. A entrada é paga, e a paisagem ao redor é totalmente gratuita.

COMO CHEGAR | A visita pode ser feita em qualquer dia da semana, e para chegar até a Casa Pueblo, desde Punta Del Este, é possível ir de táxi, veículo alugado, ônibus (dentro do terminal de ônibus), City tour (dentro do terminal de ônibus), bike alugada, ou uma “bela” caminhada pela orla da Praia Mansa… Fomos de ônibus e não foi tão ruim assim. O local de embarque é no terminal de ônibus de Punta, em direção a Portezuelo, pedir para descer no ponto da Avenida Carlos Páez Vilaró. Basta atravessar a rodovia e logo encontrará a avenida (placa indicativa)… É necessário caminhar por ela mais 20 minutos até chegar na casa. Mas a paisagem pelo caminho é compensadora.

O ingresso para o museu é adquirido na entrada (U$D10) e a Casa conta com 4 ambientes de exposição e todas as obras trazem uma riqueza de detalhes e são muito bem preservadas e a arquitetura do espaço é sensacional. O local não tem guia para acompanhar o visitante, portanto, se preferir fazer um tour guiado, algumas agências no centro de Punta disponibilizam guias junto com o transfer para ir até a Casa. O por do sol nesta região é indescritível, então, vale muito a pena dar um pulinho até lá, tanto pelas obras de Carlos Vilaró, quanto pela vista do sol se pondo. Lembrando que no verão, época de alta temporada, o lugar fica muito cheio e terá que disputar um lugarzinho bem posicionado para acompanhar o por do sol.

CURIOSIDADES | ♪Era uma casa, muito engraçada, não tinha teto, não tinha nada (…) Mas era feita com pororó, ♪era a casa de Vilaró♪… Acredita-se que “A CASA” da canção de Vinicius de Moraes, seja uma composição que fala da Casa Pueblo, uma música infantil para agradar as filhas de Carlos Vilaró. Outro fato interessante é sobre o desenho da Casa, parecer com a silhueta do mapa do Brasil… Ir a Punta e não conhecer a Casa Pueblo, é certeza de arrependimento futuro. Veja as fotos abaixo (créditos: Vitória Ortega)

CASA PUEBLO | Carlos Páez Vilaró em 1958, comprou uma propriedade à beira-mar no leste do Uruguai, o então desolado Punta Ballena, um pequeno prédio de madeira que ao longo do tempo tornou-se “Casapueblo” (“House Village”). Uma estrutura que lembra caiadas de cimento de Mykonos, foi construída em etapas pelo artista, para se assemelhar aos ninhos de barro, criados por pássaros da região Hornero nativa. Até 2014, antes de sua morte, Casa Pueblo era sua casa, ateliê e museu. A Casa Pueblo, é um destino turístico líder no Uruguai desde a década de 1960. O símbolo turístico de Punta del Este “Casapueblo”, fica a 130 km a leste de Montevidéu e 15 km de Punta del Este.

AS PRAIAS

As principais praias do balneário são as Praias Mansa e Brava, e estão divididas bem na ponta da península, onde a Mansa recebe água do Rio de La Plata (mar fechado) e a Brava recebe água do Oceano Atlântico (mar aberto), e na extensão dessas duas praias, encontraremos diversos points chamado paradores (paradas), que são estruturas para atender o banhista com bebidas, comidas e outras coisas, além de identificar cada trecho das praias… alguns são mais movimentados e outros mais tranquilos. Ah, e as águas das praias são “suportáveis” no verão, mas geladinhas em outras épocas…

Foto: Andréia | cliqueselugares

  • Praia Mansa | Ou Playa Mansa, é uma praia extensa com a água mais calma (mansa) e mais turva do balneário. Banhada pelo Rio de La Plata e com um ótimo calçadão para caminhar, pedalar e apreciar os seus diversos quiosques, essa praia é mais procurada por famílias e está localizada na região da ponta da península.
  • Praia Brava | Ou Playa Brava, é a praia banhada pelo oceano, onde a água é mais clarinha e mais agitada com mais ondas, muito procurada por jovens e pelos surfistas e também é a praia onde está localizada “La Mano”… Está localizada na região onde estão os melhores restaurantes e próxima do terminal de ônibus.
  • Praia El Emir | É uma praia com ondas fortes e muitas pedras, e também com partes rasas, para banhistas e também muito frequentada por surfistas.
  • Praia Montoya | Esta praia fica em La Barra e é frequentada por jovens e famílias com crianças. Por ali é possível acompanhar campeonatos de Surf.
  • Praia Bikini | Esta praia fica em Manantiales, o ponto de encontro dos jovens e amantes de esportes náuticos. Com ondas fortes do oceano, ali podemos acompanhar surf, windsurf, kitesurf, jet ski e muita azaração. Esta praia possui bares e restaurantes nas proximidades da sua orla.
  • Praia Los Ingleses | Bem próxima do Farol de Punta, é uma pequena praia com muitas rochas e ondas fortes. Não aconselhável para banho, mas para se bronzear a curtir a paisagem é ótima.
  • Praia Solanas | Caminhando pela orla da Praia Mansa, sentido Punta Ballena, encontrará a Praia Solanas. É uma praia frequentada por banhistas e praticantes de esportes náuticos… Esta praia é aconselhável para crianças.

O Farol de Punta

Construído em 1860, a fim de orientar as embarcações no Rio de la Plata e no Oceano Atlântico, o Farol de Punta del Este é um farol de 45 metros de altitude, 150 degraus e feito com uma mistura de terra de origem vulcânica, mais dura que o cimento, fazendo com que ele seja preservado até hoje. Os cristais do sistema de iluminação foram trazidos da França, e o sistema funciona a eletricidade, mas no caso de emergência usa-se gás acetileno.

O Farol de Punta Del Este está localizado na Calle 2 de Febrero e Calle 5. É possível subir para apreciar a vista lá de cima, somente em uma única data, no Dia del Patrimonio Uruguayo que geralmente é no primeiro fim de semana de outubro.

ONDE FICAR

A península é pequena e existe uma grande variedade de hotéis, hostels, e pousadas, então não importa muito a localização da sua hospedagem, pois é possível fazer quase tudo á pé e sem pressa. Ficamos num apart-hotel muito bacana chamado Bonne Etoile, bem no centro da península. Esta hospedagem está num valor intermediário, em relação a outras hospedagens. Indicamos também o B&B Hostel, que é um hostel pertinho da estação rodoviária (150 metros) e também o Hotel Marbella, que é um dos mais conhecidos e procurado por turistas.

Fazendo sua reserva pelos nossos links, você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o nosso blog no ar, sempre atualizado.

COMO CHEGAR

A 130 km da capital Montevidéu, e a 372 km de Buenos Aires, está Punta del Este. O balneário tem seu aeroporto próprio (PDP), Aeroporto Internacional C/C Carlos A. Curbelo também conhecido por Internacional de Laguna del Sauce, situado em Maldonado, Uruguai, servindo ao balneário de Punta del Este. Mas é possível chegar também via terrestre e marítima.

  • Aeroporto de Punta| É possível chegar ao balneário através do aeroporto de Punta Del Este (PDP). Do aeroporto, há taxis e Uber para o centro do balneário. Os ônibus municipais estão fora do aeroporto, na Ruta Interbalnearia, 4 quadras do aeroporto.
  • Aeroporto de Montevidéu | Vindo do aeroporto de Montevidéu (130 km de distância), é possível chegar á Punta, através de veículo alugado, táxis, ou ônibus rodoviário (mais econômico), com passagem adquirida e embarque ali mesmo no aeroporto.
  • Rodoviária |A rodoviária de Punta recebe ônibus de diversas regiões do Uruguai. veja no seu roteiro se há ônibus direto ou se é necessário mais que uma passagem (COT). Caso venha de fora do país, é necessário passagens para Montevidéu e outra para Punta Del Este.
  • Ferry, Buquebus | De barco, geralmente chegam os visitantes que fazem o trajeto Buenos Aires / Colonia Del Sacramento / Montevidéu / Punta Del Este ou um destes trechos separadamente.

Punta Del Leste é um pedacinho do Uruguai que é preciso visitar pelo menos “umas vezes” na vida. Aproveite e faça uma trip incluindo Punta com Montevidéu e Colonia Del Sacramento… garantimos que terá uma experiência fantástica.

Nossa Avaliação

Avaliação: 5 de 5.
PARCEIROS:

3 comentários

Deixe uma resposta para mariel Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s